Fechar busca

Digite o nome do produto

Digite o nome do produto e toque em Ir ou selecione um produto da lista.
R$ 0,00

Meu Carrinho

Indique amigos e ganhe R$ 40,00

Os alimentos orgânicos vêm ganhando cada vez mais espaço nos mercados, quitandas, hortifrutis e feiras. Com o crescimento do debate sobre ecologia e cuidados com nosso corpo, é importante entendermos o que essas comidas são, quais são elas e se possuem realmente vantagens para nós (e podemos adiantar que existem muitas!).

A Panelinha Fit irá abordar os principais tópicos sobre esse tema nesse post. Continue a leitura e aprenda sobre mais essa forma de manter uma alimentação equilibrada. Confira também o conteúdo sobre como montar uma rotina alimentar saudável para dar um up na sua rotina!

 

O que são os chamados alimentos orgânicos?

 

Esse é o grupo de alimentos produzidos sem a adição de qualquer agrotóxico, sejam eles transgênicos, sintéticos ou até mesmo os fertilizantes químicos. Ou seja, são ingredientes que chegam até nossos pratos sem que substâncias nocivas sejam usadas para estimulá-los a crescer ou manter sua beleza.

As opções orgânicas utilizam outros métodos para manter cada alimento saudável até a hora de serem ingeridos. Esse tipo de ingrediente pode ter origem vegetal, as mais conhecidas, e também animal. Dessa forma, dá para montar um prato nutritivo, saboroso e completamente sem fertilizantes químicos ou outros aditivos.

Os agrotóxicos utilizados na produção tradicional tem a função de manter pragas como insetos ou parasitas longe de cada produto agrícola. Para conseguir atingir esse objetivo, eles são compostos por diversas substâncias que eliminam ameaças e podem atingir nosso organismo.

Nos animais, a produção que utiliza agrotóxicos acaba recorrendo a hormônios para subir seu peso para o abate ou aumentar a quantidade dos derivados que conseguem produzir a cada vez. Os orgânicos são uma solução benéfica para nós, para os produtores e para o meio ambiente, mas você sabe quais são eles? A Panelinha Fit te conta!

 

Quais são os alimentos orgânicos?

 

Como falamos, os alimentos classificados como orgânicos podem ser tanto os vegetais quanto de origem animal. Sendo assim, estão inclusas:

Vista de cima de mesa com frutas, leguminosas e verduras.

 

  • carnes vermelhas;
  • carnes brancas;
  • peixes;
  • frutas;
  • cereais;
  • verduras;
  • leguminosas;
  • hortaliças;
  • ovos.

 

Quando as carnes são denominadas orgânicas quer dizer que nenhuma parte da criação daquele animal envolveu o uso de químicos como anabolizantes, hormônios e antibióticos. Eles também têm mais espaço para circulação, se alimentam de produtos mais naturais e, assim, acabam gerando um produto mais puro e nutritivo.

Entender os diferentes tipos de carne: boi, frango e peixe pode te ajudar a identificar a criação orgânica deles.

 

Benefícios dos alimentos orgânicos: conheça os principais

 

Ao falarmos de alimentos orgânicos logo vem a nossa cabeça a vantagem de não ter as substâncias nocivas que tanto ouvimos falar. No entanto, existem bem mais benefícios desse tipo de ingredientes. Por isso, é importante que dê preferência para o uso deles ao preparar suas receitas no dia dia.

 

Entenda algumas das vantagem dos orgânicos:

  • diminuição da poluição ambiental: assim como os agrotóxicos e fertilizantes químicos são nocivos para nosso organismo, eles também são para a natureza. Ao espalhar essas substâncias no ar para atingir massivamente os vegetais, por exemplo, acabam atingindo partes do ambiente que não deveria;
  • preservação da qualidade da água: os produtos químicos para combater pragas acabam entrando em contato com as nascentes de rios e poluindo as águas. Alimentos orgânicos diminuem essa contaminação;
  • aumento do bem estar animal: esse benefício está relacionado ao cuidado com alimentação de animais produtores e também aqueles para abate, permitindo que eles se desenvolvam sem se intoxicar com aditivos desnecessários;
  • mais qualidade de vida para os produtores: agrotóxicos e fertilizantes químicos são prejudiciais para consumidores, mas muito mais para produtores de alimentos. Os produtos orgânicos evitam que essas pessoas tenham contato com substâncias que prejudiquem sua saúde;
  • cuidado com o solo: assim como as nascentes são afetadas pelo contato com os produtos, o solo também é. As opções sem esses aditivos ajudam a manter o solo mais saudável, equilibrado e nutrido;
  • auxílio na biodiversidade: sem a presença de produtos nocivos, insetos, pequenos animais e a vegetação nativa pode se desenvolver novamente, aumentando a biodiversidade e recuperando o meio ambiente.

 

Você podia imaginar que apenas a retirada de algumas substâncias implica em tantas mudanças positivas? Essa percepção é importante para entendermos como os ingredientes que consumimos têm grande impacto em nosso corpo e na natureza. Por isso, tome ainda mais cuidado com o que coloca em seu carrinho de compras. Sempre que puder, opte por alimentos orgânicos!

 

Problemas da produção tradicional de alimentos

 

A produção tradicional de alimentos, sejam eles animais ou vegetais, possui diversas problemáticas e procedimentos que não pensam na saúde de quem é consumidor desses itens. Entre os maiores problemas advindos do consumo de alimentos tradicionalmente produzidos podemos listar:

 

Vista de cima de prato de pão doce.

 

  • intoxicações pelo consumo de substâncias inadequadas.
  • destruição da fauna e flora da região produtora;
  • prejuízos na saúde dos agricultores;
  • alteração na composição das células.

 

Esse último fator tem diversas implicações em nosso organismo, como o aumento das chances de problemas sérios de saúde como câncer. Se consumidos por mulheres grávidas, ainda pode provocar má formação de fetos e até mesmo abortos. Quer entender quais os alimentos indicados para gestantes? Confira nosso post sobre o assunto!

 

Agora que conhece os alimentos orgânicos, está na hora de aderir ao consumo dessas opções. O blog da Panelinha Fit tem os melhores conteúdos sobre alimentação saudável. Confira todas as informações e até a próxima!