Fechar busca

Digite o nome do produto

Digite o nome do produto e toque em Ir ou selecione um produto da lista.
R$ 0,00

Meu Carrinho

Indique amigos e ganhe R$ 30,00

Alimentos ricos em Zinco devem estar diariamente presentes em nossa alimentação, e o motivo é simples: nosso organismo não produz esse mineral, e ele é indispensável para o bom funcionamento do corpo por compor nossos ossos, arcada dentária, cabelos, músculos, fígado, testículos e glóbulos brancos.

 

Presentes em diversos tipos de carne, leguminosas, frutos do mar e outros ingredientes, não é difícil incluir esse micronutriente em sua alimentação. É possível montar pratos saborosos que atendem a dietas e gostos de todos os tipos.

 

Neste post, a Panelinha Fit te explica sobre a importância desse nutriente, especialmente os benefícios de seu consumo e os malefícios de sua carência. Você também verá uma lista de 10 alimentos ricos em zinco e que devem fazer parte do seu prato.

 

Continue com a gente e aprenda mais sobre como aliar alimentação e saúde!

 

 

Alimentos ricos em Zinco: qual a importância deles?

Nosso corpo é como uma complexa máquina que precisa de certos componentes para funcionar em sua melhor forma. Muitos dos minerais e nutrientes que são necessários para manter nosso organismo saudável não são produzidos por nós mesmos e, por isso, precisamos procurar alimentos que supram esse déficit.

 

O Zinco é um exemplo dessas substâncias, indispensável principalmente por ser parte dos glóbulos brancos – as células de defesa do nosso corpo. Por isso, ele é importante para combater infecções e outras doenças, pois garante que nossa imunidade esteja alta.

 

Ele também é responsável por regular a perda de água nas fezes, manter a integridade da mucosa do intestino e participar tanto da síntese quanto da degradação dos carboidratos, lipídios e proteínas. Além disso, é um mineral com ação antioxidante, que combate o envelhecimento das célula de nossos tecidos.

 

A inserção de Zinco na dieta também traz uma série de benefícios a mais. Siga com a leitura e entenda quais são!

 

Benefícios para o organismo

Além de contribuir para o bom funcionamento dos sistemas imunológico e digestivo, esse nutriente traz uma série de vantagens para quem o consome. Ele até mesmo potencializa os resultados dos exercícios físico por fazer parte da degradação de moléculas.

Confira alguns dos benefícios do consumo de alimentos ricos em Zinco:

 

  • Bom funcionamento da tireoide;
  • Auxilia na absorção de Vitamina A;
  • Regula os níveis de insulina;
  • Previne diabetes tipo 2;
  • Age na prevenção do ganho de peso;
  • Potencializa o aumento da massa magra;
  • Melhora na memória e na concentração;
  • Previne do câncer por manter a saúde das células;
  • Estimula o aumento da libido;

Como pôde ver, realmente é um mineral ligado a funções que melhoram nossa saúde. É importante também entender quais são os malefícios e os sintomas de viver em déficit de Zinco no organismo, e iremos elencá-los para que você possa procurar um médico caso identifique indícios de estar nesse quadro.

 

Malefícios de uma dieta pobre em Zinco

O principal problema gerado pela falta de Zinco no corpo é a diminuição do número de células de defesa do corpo, o que te deixa vulnerável a diversos tipos de doenças. Inflamações gastrointestinais se tornam mais comuns, podendo levar a diarreias severas que causam desidratação. Viroses e resfriados também ocorrem mais frequentemente.

 

Para as crianças, uma dieta pobre em zinco prejudica o crescimento, uma vez que ele está presente em abundância nos ossos. E o quadro ficam mais preocupante em idosos e gestantes ou lactantes, que fazem parte do grupo de risco.

 

O déficit de Zinco também pode levar a problemas de infertilidade nos homens, por estar presente nos testículos. Outra consequência possível é a anorexia e, até mesmo, distúrbios neurológicos, já que o elemento é parte necessária da sinapse nervosa.

 

Nosso corpo normalmente nos dá indícios de tal carência, por isso é importante estar atento aos sintomas e ter um acompanhamento frequente.

 

Sintomas do déficit de Zinco

 

 

Entre os sintomas mais comuns podemos listar:

  • Diarreia crônica;
  • Unhas esbranquiçadas e fracas;
  • Perda do apetite;
  • Paladar alterado;
  • Queda de cabelo;
  • Lesões de pele com dificuldades para cicatrizar;
  • Problemas de crescimento – no caso de crianças.

Fique atento a esses sinais e, caso apresente alguns deles, procure um médico. Para evitar todos esses problemas, invista em uma dieta equilibrada que ajudará seu corpo a manter todas suas funções. Conheça agora a lista de alimentos ricos em Zinco que podem e devem estar no seu prato:

 

Top 10 alimentos ricos em Zinco

 

 

A boa notícia é que o Zinco é facilmente encontrado nos alimentos que consumimos no dia a dia, o que, muitas vezes. torna a suplementação com manipulados dispensável. A maior parte dos alimentos são de origem animal, mas esse nutriente também pode se encontrado em vegetais.

 

Portanto, uma alimentação vegetariana ou vegana não necessariamente deixará seu organismo com a falta desse mineral. Confira!

 

1. Carnes vermelhas

Muito comum nas refeições brasileiras, a carnes vermelhas apresentam uma alta concentração de Zinco em sua composição. Elas estão presentes nos pratos mais clássicos, como o churrasco e o famoso "brasileirinho" – com arroz, feijão, bife –, por isso são versáteis e podem atender os gosto de diversas pessoas.

 

2. Frango

A carne de frango, componente comum em dietas fitness, também é uma grande fonte desse nutriente. Pode ser consumido de diversas maneiras nas receitas do dia a dia e é uma proteína magra.

 

3. Amendoim

Muito usados como aperitivos, esse grão tem de alto teor energético e carrega diversos nutrientes, entre eles o Zinco. Também é rico em em gorduras saudáveis e vitaminas. Pode ser consumido cru ou torrado e é uma forma de aumentar o percentual desse mineral com um lanche muito rápido e prático.

 

4. Gema de ovo

Apesar de seu teor de colesterol, a gema do ovo deve ser sim consumida – sempre de forma moderada, é claro. Ela é outro dos alimentos ricos em Zinco de origem animal, e que normalmente já se tem em casa.

 

5. Peixe

Os peixes de forma geral contêm uma alta porcentagem de Zinco. Também é rico em ômega 2, vitamina D, cálcio e gorduras boas. O atum e o salmão são os dois grandes exemplos dessa categoria.

 

6 .Feijão

Conhecido por ser uma fonte de ferro e sempre ligado ao tratamento de anemia, o feijão também possui um alto teor de outros minerais, como o Zinco. Ele é uma das bases da alimentação brasileira, conhecido por ajudar a melhorar a imunidade – agora você sabe por quê!

 

7. Leite e derivados

O leite e seus derivados possuem alto valor energético e são ricos em zinco e cálcio. Tanto para crianças quanto para os adultos, um corpo de leite de manhã e um de tarde já garante o consumo mínimo diário do mineral.

 

8. Frutos do mar

Aqui estamos falando, principalmente, das ostras e dos camarões. Embora o segundo não tenha nem metade do teor de zinco do primeiro, ambos ainda são opções que têm altas concentrações desse mineral. Sempre que puder, prefira camarão preparado ao vapor para ajudar ainda mais sua saúde.

 

9. Grão de bico

Uma leguminosa fonte de carboidratos, proteínas e minerais. Também é fonte de aminoácidos. O grão é uma opção para o preparo de hambúrgueres ou almôndegas para quem não consome alimentos de origem animal. Sua concentração em Zinco o faz se destacar no auxílio das funções imunológicas.

 

10. Chocolate amargo

O chocolate amargo é uma opção de sobremesa que ainda garante uma alta concentração de zinco, assim como vitaminas. Possui um baixo teor de açúcar se comparado com os outros tipos de chocolate, e pode ser incluído na alimentação como lanche entre refeições.

 

As opções de alimentos ricos em zinco para adicionar à sua dieta não são poucas. A maioria delas podem ser preparada de diversas formas, garantindo facilmente a variedade no cardápio. A Panelinha Fit tem muitos outros posts sobre alimentação saudável, não deixe de dar uma olhadinha em nosso blog. E confira também nosso post com dicas de sobremesas saudáveis, com doces fits e deliciosos!