Fechar busca

Digite o nome do produto

Digite o nome do produto e toque em Ir ou selecione um produto da lista.
R$ 0,00

Meu Carrinho

Emagrecer: Perca peso de forma saudável

 

Antes de iniciar este post é preciso dar um primeiro conselho para quem deseja emagrecer: não tenha pressa, ao contrário disso, sua tranquilidade fará toda a diferença no resultado do seu processo de emagrecimento! Afinal, é praticamente impossível perder em um mês os quilos adquiridos em anos. Segundo especialistas, o corpo possui uma memória do peso que a pessoa mais manteve em um período de tempo. Então, na prática, se a pessoa emagrece muito rápido, o organismo não irá reconhecer o novo peso repentino e fará de tudo para recuperar a perda. O processo de reeducação alimentar é, na realidade, a melhor  forma de eliminar os quilos extras. Ao contrário das dietas rápidas, novos hábitos alimentares proporcionam uma vida mais saudável, produtiva e livre do famoso efeito sanfona. 

 

Emagrecer inserindo novos hábitos 


Segundo um estudo publicado no European Journal of Social Psychology,  realizado por Jane Wardle, do University College de Londres, é preciso de 66 dias para transformar um novo objetivo em hábito. Após esse período, a nova prática seria realizada automaticamente, sem a necessidade de esforço. Essa proeza é explicada pela capacidade do cérebro em gerar novas conexões neurais, ou seja, a plasticidade cerebral é como uma esponja moldável, que continuamente vai reconfigurando o mapa cerebral.  Essa  mesma lógica funcionaria para eliminar peso ao trocar maus hábitos alimentares por novos e saudáveis. 

Independente do objetivo no emagrecimento, se é estético, por motivo de saúde ou outra razão, as informações e dicas deste post irão auxiliar nesse processo. Estudar as formas de emagrecimento e manter-se informado para não cometer erros comuns também  fazem toda a diferença no resultado final. 

 

Então, como emagrecer?

 

Primeiro, procure um nutricionista. Mesmo que saibamos  tudo que precisamos para emagrecer e tenhamos a nossa disposição um mundo de informações com a internet, esse profissional irá avaliar o seu caso, de modo específico. Irá solicitar exames e  identificar o que é melhor para você, pois o que é bom para mim pode não ser para você. Além disso, é importante fazer uma avaliação corporal e saber o peso e medidas do próprio  corpo, para posteriormente fazer um comparativo.

 

Escolha bons alimentos 


Existe uma matemática bem simples para quem deseja eliminar quilos extras:  é preciso ingerir menos calorias do que o corpo consegue gastar. Planejar o cardápio e escolher os alimentos que contribuem para o processo de perda de peso é uma das etapas mais importantes. É preciso também escolher alimentos nutritivos e que sejam naturais. Fuja dos industrializados, que além de conterem inúmeros  aditivos químicos, não possuem quase nenhum nutriente. Recuse também alimentos com alto índice glicêmico e que são pobres em nutrientes, como os refinados, entre eles o arroz branco, pão branco, doces e açúcares em geral. Exclua também as frituras do cardápio.  Alguns alimentos, em especial, facilitam ainda mais o emagrecimento pois ajudam a acelerar o metabolismo  e a queimar calorias. Listamos alguns deles:

 

  1. Pêra 
  2. Canela
  3. Batata doce
  4. Berinjela
  5. Arroz integral
  6. Grão de bico
  7. Aveia
  8. Farelo de trigo
  9. Pimenta
  10. Melancia
  11. Chá verde
  12. Nozes
  13. Linhaça
  14. Abacate
  15. Gengibre
  16. Brócolis
  17. Feijão 

Hoje em dia é simples ter à mão refeições focadas em perda de peso, pois já é possível adquiri-las prontas. No site Panelinha Fit você encontra cardápios completos, do café da manhã a janta, com diversos kits para emagrecimento saudável.

 

 

Nunca sinta fome


Isso mesmo que você leu no título: para emagrecer você não pode, em hipótese alguma, sentir fome. As chances de você furar a dieta aumentam quando se está com muita fome.  Por isso, carregue  sempre consigo alimentos práticos e saudáveis para que não se corra o risco de  cair em tentação. Outra estratégia valiosa é comer de três em três horas, assim você mantém o metabolismo ativo. Na prática, ao fazer isso o corpo evita “economizar” calorias para executar suas atividades diárias, pois sabe que de tempo em tempo alimentos chegarão.  Além disso, ao ficar sem comer por mais de três horas, o organismo passa a liberar o hormônio cortisol, que provoca o aumento da gordura abdominal. 

 

Beba muita água 


Além de a água ser fundamental para a absorção dos nutrientes e eliminar impurezas, ingerir a quantidade de água recomendada ajuda a manter a pessoa saciada.  O ideal é que um adulto consuma 0,035 litro (35 ml) de água por quilo de peso, enquanto as crianças, em média 0,055 litro (55 ml) por quilo de peso.  Uma dica importante é beber água ao longo do dia e não em uma única vez.  

 

Faça atividades físicas 


Por último e não menos importante: faça uma atividade física que dê prazer! Não importa qual atividade, mas sim que se faça uma. Mesmo que você não tenha tempo o suficiente, reserve ao menos meia hora para essa atividade, pelo menos três vezes por semana.  Atividades cotidianas como subir escadas, deixar o carro em casa para ir à padaria ou levar o cachorro para passear  à noite já fazem a diferença. O importante é se movimentar!