Fechar busca

Digite o nome do produto

Digite o nome do produto e toque em Ir ou selecione um produto da lista.
R$ 0,00

Meu Carrinho

Blog Panelinha Fit

Como manter a hidratação no verão?

 

A água compõe de 45% a 75% do nosso peso, sendo considerada a média de 60% para um indivíduo adulto. Ela é indispensável na eliminação do que não será aproveitado pelo organismo, no transporte de nutrientes e na regulação da temperatura, além de compor os líquidos corporais. Como nós só produzimos entre 250 e 340 ml de água por dia, precisamos ingeri-la nas quantidades recomendadas – em média dois litros. Porém, para manter a hidratação no verão, o ideal é beber pelo menos três litros do líquido diariamente. 

 

É preciso respeitar essa recomendação porque a quantidade de água ingerida não deve ser menor do que a eliminada pela transpiração, urina e fezes. Por isso, se forem realizados exercícios físicos prolongados, por exemplo, pode ser necessário repor até 6 litros da bebida. 

 


Além de beber muita água, outros hábitos podem ajudá-lo a cuidar da hidratação no verão: 


Ingerir sucos ou água de coco


É possível alcançar a quantidade de água necessária para o corpo manter a hidratação no verão ingerindo outras bebidas, principalmente sucos naturais e água de coco. Além de matar a sede, eles fornecem vitaminas, aminoácidos e sais minerais. Por outro lado, refrigerantes e energéticos devem ser evitados. Eles não só contêm muito açúcar como apresentam ainda outros componentes como corante e sódio, que atrapalham o processo de hidratação.  


Bebidas alcoólicas só acompanhadas de água 


Apesar de serem líquidos, as bebidas alcoólicas provocam desidratação. Isso ocorre em função da presença do etanol, que diminui a produção do hormônio antidiurético, que regula a perda de água do corpo. Assim, eliminamos mais água e vamos mais vezes ao banheiro. O álcool ainda aumenta a pressão arterial e, consequentemente, a produção de suor. 

Então, se for beber uma cerveja ou drink no verão, não esqueça de ter sempre um copo de água ao lado, para manter-se hidratado. 


Colocar mais frutas e verduras no prato


As frutas e verduras já são naturalmente necessárias para uma alimentação saudável. Porém, em dias mais quentes são ainda mais importantes, uma vez que contêm alto teor de água. Além de contribuir para a hidratação, elas ajudam na digestão, protegem a pele e a visão e evitam diversas doenças. A Organização Mundial de Saúde recomenda a ingestão de cinco porções de hortaliças e frutas por dia, mas durante o verão tente aumentar a proporção delas em seu prato. 


Substituir outros doces por picolés de fruta


Sabe quando bate aquela vontade de comer um doce? Os picolés de fruta são perfeitos para substituir outros alimentos com açúcar e ainda contribuir para a hidratação no verão. Prefira sempre os que são à base de água, evitando outros sorvetes preparados com leite e gordura. 


Apostar nas bebidas isotônicas


As bebidas isotônicas surgiram justamente para repor os líquidos e os sais minerais que são perdidos na transpiração. Porém, nutricionistas desaconselham que pessoas que não praticam atividades físicas substituam a água e os sucos naturais por eles, porque podem sobrecarregar o organismo. Ou seja, para os sedentários o ideal é consumir as bebidas isotônicas moderadamente. 


Ofereça água para crianças e idosos 


É comum ocorrer desidratação em crianças pequenas e idosos debilitados porque é oferecida pouca água a eles. Não se esqueça que eles dependem de um responsável também para se manterem hidratados, então é fundamental que sejam incentivados a beber líquidos com frequência, especialmente no verão.

 

É muito importante que não se espere sentir sede para beber água – quando chegamos nesse estágio é porque o nível de água necessário para o bom funcionamento do organismo já está baixo. 

 

Alguns sinais de desidratação são irritabilidade, confusão mental, falta de energia e de força, taquicardia, olho fundo, falta de saliva e de lágrimas. Ao perceber esses sintomas, procure um médico rapidamente. 

 

Acompanhe o nosso blog para mais informações sobre bem-estar e saúde. Para não perder os novos conteúdos, acompanhe a gente também nas redes sociais. Até a próxima leitura!