Fechar busca

Digite o nome do produto

Digite o nome do produto e toque em Ir ou selecione um produto da lista.
R$ 0,00

Meu Carrinho

Indique amigos e ganhe R$ 40,00

Existem vários tipos de peixes que podem ser saboreados no dia a dia. Tanto os peixes de água doce como os de água salgada possuem muitos benefícios para a saúde. Toda essa diversidade participa de pratos incríveis e nutritivos para todos os gostos!

 

No Brasil, o consumo de peixes vêm aumentado. Segundo dados oficiais, o brasileiro está consumindo cerca de 10kg de peixe por ano. Mas esta marca pode melhorar, afinal, os peixes são boas fontes de proteínas, gorduras boas, vitaminas e minerais.

 

A indicação de consumo é de 3 a 4 vezes na semana, principalmente porque seu consumo pode prevenir doenças e promover saúde. E saiba que incluir o alimento na dieta da semana é mais fácil do que você imagina! Existem vários pratos fáceis, versáteis e deliciosos – que incluem preparações cruas, assadas, cozidas, grelhadas e fritas –, além de variações de acompanhamento de legumes, verduras, cereais e grãos.

 

8 tipos de peixe para conhecer e adicionar na dieta

 

Aqui no blog, já fizemos um post completo sobre os diferentes tipos de carne (boi, frango e peixe). Agora, listamos os tipos de peixes saborosos que você deveria provar e seus benefícios:

 

Prato com tilápia frita e pedaços de limão cortado ao lado

1. Tilápia

O peixe super-popular no país, a tilápia ganhou fama pela sua carne branca, magra e saborosa. Conhecido também como Saint Peter, este peixe é bastante consumido no país todo, principalmente pelo fato de ser de água doce. Ele chega a medir 35cm em cativeiro, possui poucas espinhas e sabor suave.

 

Seu filé é muito utilizado em várias preparações assadas, fritas e grelhadas. O acompanhamento mais comum são batatas, polentas e mandiocas. Uma delícia!

 

Vale ressaltar que é bom evitar a fritura por imersão para quem quer uma alimentação mais saudável, combinado?

 

Os principais benefícios da tilápia estão ligados ao fato de que esse tipo de peixe possui, em média, 20g de proteína a cada 100g. Além disso, ele apresenta pouco teor de gorduras, diferente de outros peixes gordurosos como salmão e atum.

 

Os minerais que se destacam são o selênio, um poderoso antioxidade que tem capacidade de combater os radicais livres, e o fósforo, que atua no metabolismo dos ossos e dentes.

 

2. Salmão

Um peixe de água fria, o salmão tem coloração alaranjada, muito famoso na culinária japonesa e mundial. É gorduroso, com sabor delicioso e muito nutritivo.

 

É muito consumido em preparações cruas como em sushis ,temakis e pokes e também em versões grelhadas com acompanhamentos de arroz e legumes. Você provavelmente já percebeu que o salmão vem ganhando muito espaço na mesa do brasileiro, não é mesmo?

 

O grande benefício deste peixe é ele ser fonte de ômega 3, um tipo de gordura essencial para nosso organismo. Além disso, o salmão tem funções anti-inflamatórias que auxiliam na prevenção de doenças crônicas, como as cardiovasculares e cerebrais. Sem contar o fato de ser fonte de vitaminas D e do complexo B, que auxiliam, respectivamente, na saúde dos ossos e reduzem inflamações. Também podemos citar o potássio, um mineral que diminui a retenção de líquidos e controla a pressão sanguínea.

 

Prato com bacalhau

3. Bacalhau

O bacalhau é o processo de salga e maturação de algumas espécies de peixes. É estrela na culinária portuguesa, participando de vários pratos, desde assados com legumes, recheio de bolinhos e até em ensopados.

 

Com sabor característico salgado, é importante saber prepará-lo de forma correta. É um peixe magro, rico em proteínas, gorduras boas, vitaminas e minerais. Se destaca por contribuir na saúde dos ossos, cérebro, sistema imunológico e cardiovascular.

 

Vale se atentar com a quantidade de sódio, devido ao processo de salga. Por esse motivo, é recomendado dessalgar o peixe antes do preparo. Mas não se preocupe: isso não vai interferir no sabor e nem na quantidade dos outros nutrientes.

 

4. Atum

Também é um peixe de águas frias e salgadas, o atum é conhecido por ser um peixe gorduroso, fonte de ômega 3, além de outros nutrientes como vitaminas do complexo B e minerais como magnésio e ferro. Tudo isso melhora a saúde cardiovascular, da imunidade e combate anemia.

 

O atum possui carne avermelhada e é muito usado na culinária oriental. É encontrado nos mercados e peixarias nas versões cruas e enlatadas.

 

O atum participa de pratos saborosos crus e grelhados, assim como é possível encontrar sua versão enlatada em patês e recheios de sanduíches e tortas. O segredo ao utilizar os enlatados é comprar os em "óleos", pois assim o peixe absorve menos metais pesados da embalagem.

 

Sardinha temperada em bandeja

5. Sardinha

A famosa sardinha, que possui tamanho pequeno e custo muito acessível, faz parte do prato dos brasileiros em várias versões – desde grelhada, assada, em molhos, recheios de tortas, patês e até em pratos mais refinados como o escabeche. Muito apreciada, é facilmente encontrada em enlatados.

 

Considerada um peixe gorduroso, é rica em ômega 3. Além disso, possui minerais importantes como o cálcio e ferro, que trabalham na manutenção da saúde.

 

6. Merluza

Parecida com a tilápia, a merluza também possui carne branca, magra e poucas espinhas. Possui um preço acessível e sabor um pouco mais marcante. Rica em proteína, é uma boa opção para quem quer perder peso ou se preocupa com a quantidade de gorduras. Também possui boa quantidade de vitaminas do complexo B, que contribuem na manutenção da saúde do sistema nervoso e na produção de energia.

 

Leia mais tarde: Como emagrecer de forma saudável

 

Normalmente é muito apreciada em pratos fritos, mas também tem espaço em opções saudáveis como cozidas em vapor e assados. Fica uma delícia temperada com ervas finas e limão. Facilmente combina com diversos acompanhamentos.

 

7. Corvina

De água doce, a corvina possui carne branca e textura delicada. Apresenta tamanho pequeno, cheiro mais forte, sabor peculiar e tem baixo custo. Muito nutritiva, é ótima fonte de proteínas, cálcio e vitaminas do complexo B, entre outros.

 

Na culinária, faz parte de receitas assadas, fritas, ensopados e também em ceviche e moquecas. Quase sem espinhas, é muito agradável de comer.

 

Pedaços de arenque em um pote

8. Arenque

O arenque é um peixe de porte pequeno muito consumido no mundo todo. Também é uma ótima fonte de ômega 3, esse nutriente tão essencial para a saúde. Se destaca ainda a vitamina D, que participa na regulação e manutenção dos ossos e prevenção de doenças e excelente fonte de proteínas.

 

É bastante versátil na cozinha sendo consumido acebolado, frito, assado, marinado, empanado, defumado e em molhos. Faz sucesso também saladas.


Pronto! Vimos vários tipos de peixes para fazer parte do cardápio do dia a dia. Além disso, aprendemos os diversos benefícios que nos proporcionam para a saúde e as mais diferentes formas de preparo para todos os gostos. Se você se preocupa com a saúde e quer fazer uma reeducação alimentar, os peixes são uma ótima opção saudável para incluir sem medo e se deliciar.

 

Agora é com você: insira hoje mesmo essa variedade de peixes no seu cardápio e aproveite os benefícios que trarão a sua saúde. Se precisar de uma ajudinha, temos uma dica que pode te salvar: confira a sessão de pratos com peixe da Panelinha Fit!